Heráldica do Município de Leiria


Armas do Município de Leiria

Armas

De ouro, um castelo de vermelho, aberto e iluminado de prata, acompanhado de dois pinheiros de verde, frutados de ouro e sustidos de negro, tudo sainte de um terrado de verde realçado de negro. Os pinheiros rematados cada um por um corvo de negro, voltados para o centro. A torre central acompanhada em chefe de duas estrelas de oito raios de vermelho. Em contra-chefe, três faixetas ondadas de prata e azul. Coroa mural de cinco torres de prata. Listel branco com os dizeres "Cidade de Leiria" a negro.


Bandeira do Município de Leiria

Bandeira

Girondada de branco e vermelho, cordões e borlas de prata e vermelho. Haste e lança de ouro.


Selo branco do Município de Leiria

Selo branco

Circular, tendo ao centro as peças das armas sem indicação dos esmaltes, tudo envolvido por dois círculos concêntricos onde corre a legenda "Câmara Municipal de Leiria".


Breve explicação das Armas do Município

Tal como aparecem na colecção da “Casa Real – CARTÓRIO DA NOBREZA”, datada de 1849, também Inácio Vilhena Barbosa, em “AS CIDADES E VILLAS DA MONARCHIA PORTUGUESA QUE TEEM BRASÃO D’ARMAS”, de 1865, nos mostra as armas de Leiria onde figura um castelo acompanhado de dois pinheiros, tudo sainte de um terrado.
Sobre cada pinheiro um corvo e em chefe duas estrelas, dá- nos assim conta do significado destas armas:
“Refere a lenda, que achando-se campado o exercito christão sobre uma eminencia visinha, à qual hoje chamam o Cabeço d’el-rei, apparecera em cima de um grande pinheiro, que se erguia entre o arrayal e o castello, um corvo, que não cessava de bater as azas e grasnar. Ordenado o assalto, redobrou por tal modo o corvo os seus movimentos e gritos, que os portuguezes, tomando isto por um feliz agoiro, investiram a fortaleza com tão incrivel valor e confiança, que apezar de bem defendida, assenhorearam-se d’ella em breves momentosw. E em memória d’este successo veiu a tomar Leiria por brasão d’armas em escudo de prata coroado um castello sobre campo verde, collocado entre dois pinheiros, cada um com o seu corvo em cima; e na parte superior do escudo duas estrellas de oiro.
A descrição deste brasão é como se acha na Torre do Tombo; entretanto há outra versão que dá só um pinheiro com um corvo em cima”.

fonte: Câmara Municipal de Leiria

Prinicipais referências do concelho de Leiria

Castelo de Leiria - foto de Jorge Manuel Nunes

Castelo de Leiria

Farol indicador de muitos factos históricos, o Castelo de Leiria funciona oa mesmo tempo como miradouro sobranceiro à Cidade e permitindo conhecê-la a...

Sé Catedral de Leiria - foto de Vitor Cabral Oliveira

Sé Catedral de Leiria

Amplo templo de três naves onde se detetam elementos renascentistas, talha barroca, um frontal de altar romano-bizantino e alfaias religiosas de elevada qualidade.

Santuário Nª Sra da Encarnação - foto de Vitor Oliveira Cabral

Santuário Nª Sra da Encarnação

O Santuário de Nossa Senhora da Encarnação, um dos mais importantes santuários marianos do centro do país, está implantado na colina fronteira ao Castelo de Leiria e insere-se num conjunto das igrejas de peregrinação...

Abrigo do Lagar Velho, Vale do Lapedo - foto de Município de Leiria

Vale do Lapedo

Tornou-se notável após o achado do fóssil de uma criança que ficou conhecido como o Menino do Lapedo, naquela que é a única sepultura do Paleolítico...

Praia de Pedrogão - foto de Vitor Cabral Oliveira

Praia de Pedrogão

Imortalizada por Aquilino Ribeiro no seu livro 'A Batalha Sem Fim', a Praia de Pedrogão, única do concelho de Leiria, continua a ser uma das praias...

Termas de Monte Real

Termas de Monte Real

Dominando o Liz, que a banha, e cerceada por frondosas matas, Monte Real é um dos mais preciosos recantos lúdicos do concelho de Leiria, no centro de uma...

Galeria

Montra PT-TUR